Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

I.A

O Elefante branco estava lá! 

Esse artigo que compartilho com vocês é singular e direcionado principalmente para lideres e liderados com alto impacto de decisões e desafios designados e com alto poder de direcionamento.

Importante delimitar um intervalo que parece grande, mas é tênue se compararmos os desafios da economia atual e as ferramentas que atualmente temos para pensar de forma diferente.

Na fase atual economicamente falando e observando a saída meio tímida da crise que ainda é significava no Brasil temos vários desafios de fazer “mais” com “menos” e assim melhorar a eficiência no processo, e este é o segredo que equaliza o todo. Mas pensar diferente não é algo fácil.

Pensar diferente não é algo que você aprende em um workshop ou palestra motivacional, pensar diferente é algo que você aprende com a prática, com a vivência de erros e aprendizados durante anos.

Anders  Ericsson dizia que na média, “os  experts  em nível mundial tem  10 mil  horas de prática” ou seja “você precisa de  10 mil  horas para se tornar um expert ”,

E isso é verdade, pois as horas em que se dedica está todo erro e aprendizado conquistados. E em um momento onde o investimento financeiro é inversamente proporcional ao desafio, toda expertise deve-se tornar um aliado no processo de mudança e idealização de fazer o certo com o menor investimento (Reais $$).

Por isso em meio à crise, a primeira coisa é saber por onde começar e para isso é importante entender os KPI’s atuais e históricos suficientes para assim poder “ajustar as velas do barco” e remar diante do propósito.

Mas fique atento nunca confunda KPI com métrica, Os KPI’s são indicadores importantes para o seu negócio e o seu objetivo, uma métrica é apenas algo a ser medido.

O importante é entender o que pode ajudar na tomada de decisão dentro da sua empresa. Essa é a premissa básica para a escolha de qualquer KPI e é como uma métrica se torna um indicador.

Um indicador-chave de performance precisa ser valioso para o negócio e auxiliar você e os seus superiores a tomar decisões inteligentes.

Em resumo os KPI’s são divididos em 3 partes, primeiro KPI refere-se ao básico, ou seja, se o básico para funcionar está dentro das expectativas.

KPI 01 : Saber onde está.

KPI 02: ForeCast de sazonalidade para onde iremos.

KPI 03: Forecast de performance mercado externo.

Agora o importante depois de saber onde está, é avaliar a equipe e entender quais pontos fortes de cada um e transformar isso em uma alavanca exponencial para aumentar o resultado. Esse passo é difícil, pois entender o potencial de cada um requer feeling e saber ponderar com exatidão cada habilidade, pois uma tarefa designada erroneamente pode mudar todo rumo da estratégia inicial e desmotivar toda equipe.

Hoje por exemplo indico para equipe sempre pessoas com experiência em banco de dados e arquitetura de formação de tabelas, pois essas pessoas possuem um raciocínio lógico direto na solução e com isso fornece de maneira mais ágil soluções para incidentes menos complexos e de rápida movimentação.

Neste momento entramos no assunto do elefante branco, mas o que eu quero dizer com isso? Simples, como o ditado. Às vezes se fazem planos complexos e na verdade falta fazer a pergunta certa para solucionar ou abrir a mente para algo novo e um universo diferente do que é tratado naquela ocasião. É como dizia o grande Albert.

“A mente que se abre a uma nova ideia, jamais volta ao seu tamanho original.” (Albert Einstein)

Por isso ver a situação de uma maneira diferente faz toda diferença, e isso vale tanto para o líder como o liderado, pois o liderado tem uma obrigação importante no processo que às vezes ele esquece, ele é co-autor do sucesso no projeto, por isso cabe a ele identificar, agir e tomar decisões e aconselhar de maneira assertiva seu líder do caminho que deve ser seguido. Um bom líder possui uma equipe forte e engajada na particularidade de dimensão de cada um.

Todo mundo é um gênio. Mas, se você julgar um peixe por sua capacidade de subir em uma árvore, ele vai gastar toda a sua vida acreditando que ele é estúpido.Albert Einstein

O segredo está na equipe e como pode absorver o melhor de cada integrante, ouvindo e sabendo lidar de maneira lógica com cada um.

Tenha na equipe sempre quem acredita que pode mudar, quem ousa, quem faz diferente e o mais importante nunca confie nas pessoas que dizem “Isso é impossível” na primeira vez. Pois sempre existe uma saída.

Alinhe todas as arestas com os KPI’s certos e observe se existe um elefante branco na sua frente e por perguntas mal feitas você não conseguiu ver.

E por ultimo seja o mentor de sua equipe, não somente cobre ou julgue, mas cobre com solução explicando para onde direcionar e como chegar lá, assim sua equipe aprende com a experiência e você faz parte de algo imensurável que é a construção de um profissional com direcional na solução.

Até mais.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *

Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.