GeralNoticiasOpniãoSegurança

China poderia matar 90% da população dos EUA com arma eletromagnética

A rede elétrica e a infraestrutura eletrônica dos EUA permanecem totalmente vulneráveis às ameaças das novas armas não convencionais construidas pela China, em particular, aquelas capazes de realizar ataques de “pulso eletromagnético” informou na postagem o The Washington Times citando especialistas americanos.

Entre esses especialistas, reunidos em um fórum virtual organizado pela Federação Universal da Paz, estava Peter Vincent , diretor executivo da Força-Tarefa de Segurança Nacional e Interna dos EUA.

Segundo ele, a China possui as chamadas armas de “pulso eletromagnético” – projetadas para realizar ataques através de poderosas descargas de energia e poderia usá-las contra os EUA, talvez até combiná-las com outras táticas militares modernas não convencionais.

Isso representa uma ameaça real de possivelmente ser capaz de vencer uma guerra com um único golpe por meio de um ataque de arma pulso eletromagnético. Além disso […] eles não pretendem usar pulso eletromagnético por si só. Seria usada em conjunto com ciberataques, sabotagem física e [armas] EMP não nucleares”, disse Pry durante o evento citado pelo jornal.

O especialista afirmou que isso também pode ser considerado por países como a Rússia, Coreia do Norte e Irã como “potencialmente a revolução militar mais decisiva da história”

“Atacando o calcanhar de Aquiles tecnológico de uma nação como os EUA, poderiam nos colocar de joelhos e sem sequer termos de combater com os fuzileiros navais, a Marinha ou a Força Aérea, e ganhariam uma guerra em 24 horas com um único golpe.

Nova tecnologias reembram quando os EUA usaram a bomba atomina no Japão e foi decisiva para ganhar a 2 guerra mundial.

Weder Costa

Apaixonado por tecnologia, é fundador do BookMaps e tutor no curso Geração Millennials. Acredita na junção de conhecimento para aprimorar e criar novas possibilidades para as pessoas. É membro de grupos na China, india e EUA sobre Inteligência Articial, e tem conhecimento avançado em linguagens como Python, R e GO. Atualmente possui mais de 200 mil seguidores em todas as redes sociais, e suas postagens alcançam mais de 5 milhões de views por mês.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo