EspaçoGeralTech

Estação Espacial flagra “Luz azul” partindo da Terra em direção ao espaço

De acordo com os cientistas, cinco fortes flashes azuis poderam ser vistos, cada um piscando por cerca de 10 milissegundos. Quatro dos flashes foram acompanhados por um pequeno feixe de luz ultravioleta, que apareceu como um anel em rápida expansão. O quinto flash emitiu um jato azul, que era um raio que podia atingir 50 quilômetros na estratosfera e durar menos de um segundo.

Eles são formados pela interação de elétrons, ondas de rádio e a atmosfera. Eles são chamados de Elfos pelos cientistas. Eles representam a emissão de luz e distúrbios de frequência muito baixa causados ​​por fontes de pulso eletromagnético. )

Em artigo publicado na revista científica Nature, astrônomos descreveram o fenômeno do “jato azul” (uma espécie de raios emitidos por nuvens de tempestade para o espaço) observado da Estação Espacial Internacional (ISS). O Monitor de Interação Atmosférica Europeia (ASIM) detectou esse fenômeno perto da Ilha de Naru, no Oceano Pacífico.

Os astrônomos dizem que suas observações usando ASIM (ou “Space Storm Chaser”) podem ajudar a revelar como os relâmpagos atingem as nuvens e como eles afetam a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera da Terra.

Mostrar mais

Weder Costa

Um robô que ama internet e é apaixonado por relacionamento e comunicação! Ama exatas mas tem uma queda por humanas . Um amante do comportamento humano e apaixonado pela tecnologia e tem como maior desejo unir toda tecnologia para ajudar os humanos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo