GeralInternetNoticias

Anonymous declara guerra cibernética à Rússia e desativa site de notícias pró-Kremlin

“Queremos que o povo russo entenda que sabemos que é difícil conversarem com o seu ditador por meio de sofrerem represálias”, disse um dos perfis do grupo, @YourAnonNews. “Nós, como grupo, queremos apenas paz no mundo. Queremos um futuro para toda a humanidade. Portanto, queremos que entendam que isto é inteiramente direcionado às ações do governo russo e de [Vladimir] Putin.”

O coletivo Anonymous declarou na quinta-feira (24), por meio de uma de suas contas no Twitter, ter entrado em uma guerra cibernética contra o governo da Rússia. No mesmo dia, o grupo reivindicou a autoria de um ataque hacker ao site de notícias em inglês RT (antes chamado Russia Today). Mantido pelo governo russo, mas voltado ao público externo, o RT traz um viés fortemente pró-Kremlin.

Segundo informações da agência RIA Novosti, o ataque do Anonymous foi do tipo DDoS e desacelerou diversos domínios oficiais ligados ao governo da Rússia, além de deixar alguns offline por “períodos de tempo prolongados”. A RT, por sua vez, confirmou o ataque.

Na imprensa russa, a intervenção do Kremlin no país vizinho é descrita como defensiva. Moscou, de acordo com o RT, se viu “forçada a recorrer a meios militares” para proteger o povo de Donbas de um conflito civil na Ucrânia.

Weder Costa

Menos qualificado, esperto e rico do que parece aqui. Um DevOps Engineer vivendo o dia a dia na area de Tecnologia, a vida como ela é! Top 100 influencer Tech I.A e Rede Neural Brasil 🏆 Preparando executivos e empresas para Tecnologia Inteligência Artificial 🚀 🤖 C.E.O e Fundador BookMaps, Formado em Marketing e experiência em TI como desenvolvedor há 15 anos, analista de sistemas, consultoria, arquiteto de soluções e gerente de projetos. Certificação em Black Belt e ênfase em Inteligência Artificial sendo reconhecido pelo Sebrae como precursor da tecnologia de Rede Neural no Brasil em 2014. Especialista nas linguagens (PHP,JAVA, Python, R e GO)

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo