ArtigosFuturoGeralInteligência ArtificialInternetOpnião

O fantástico mundo dos vendedores de cursos de TI que não sabem criar uma linha de código.

Ontem tive a oportunidade de participar de uma reunião com influenciadores para discutir sobre tecnologia e fui convidado para compartilhar minha perspectiva sobre a evolução da inteligência artificial (IA) e como ela está transformando rapidamente a forma como atuamos em nossa comunidade. O evento foi realizado pelo Google Metting, mas algo me chamou a atenção e é exatamente isso que quero discutir com vocês hoje.

Durante o evento, deparei-me com duas pessoas que, apesar de não possuírem conhecimentos técnicos em Tecnologia da Informação (TI), conseguiram vender mais de 100 cursos cada um sobre o assunto. Fui surpreendido quando um deles me procurou para solicitar uma consultoria privada e assim, começamos a conversar.

❗ Mas antes de continuar, se você curte meus conteúdos, dê uma força e compartilhe este artigo com 5 pessoas do seu WhatsApp acessando os links no final do texto. Não leva muito tempo, e ajuda muito a aumentar nossa comunidade.

Poucos minutos de conversa foram suficientes para perceber que ele não dominava a tecnologia. Decidi ser direto e perguntei se ele sabia codificar, e ele admitiu francamente que não tinha essa habilidade. Ele pediu para que isso ficasse em anonimato, então não mencionarei nomes aqui. No entanto, ficou acordado que eu poderia descobrir como ele estava fazendo isso e ele concordou em me contar.

Ele explicou que utilizava uma técnica de behaviorScore. Aparentemente, essa técnica consiste em conhecer bem o público-alvo do curso e usar diversos recursos, tais como mídias sociais, marketing, parcerias estratégicas e uma boa dose de persuasão para convencer as pessoas a adquirirem seus cursos.

Confesso que fiquei intrigado com essa informação. Como alguém poderia vender cursos sobre tecnologia sem sequer saber programar? Foi então que comecei a pesquisar mais sobre esse assunto e descobri que essa prática está se tornando cada vez mais comum.

O mercado de tecnologia tem crescido exponencialmente nos últimos anos e muitas pessoas estão em busca de aprender habilidades nessa área. No entanto, nem todos têm tempo ou disposição para frequentar uma graduação ou realizar cursos mais aprofundados. É nesse momento que esses vendedores entram em cena, oferecendo cursos básicos e prometendo ensinar o essencial da TI, mesmo sem possuir as habilidades necessárias.

Assim surgem os cursos: Aprenda Python em 7 dias! É uma piada para meus ouvidos.

Esses vendedores utilizam estratégias de marketing agressivas para atrair alunos. Prometem resultados rápidos e fáceis, fazendo com que muitos acreditem que podem aprender tecnologia sem muito esforço. Além disso, contam com avaliações falsas e depoimentos divertidos de supostos alunos satisfeitos, o que contribui para a credibilidade do curso.

No entanto, ao adquirir esses cursos, muitos alunos acabam se decepcionando. Eles descobrem que o conteúdo é superficial, as explicações são vagas e não há uma estrutura adequada para o aprendizado. É comum também não haver suporte ou acompanhamento após a compra, deixando os alunos sem recursos para tirar dúvidas ou aprofundar o conhecimento.

Por outro lado, é preciso reconhecer que nem todos os vendedores de cursos de TI que não sabem programar são totalmente desonestos. Alguns deles possuem habilidades em marketing e vendas, o que lhes permite atrair muitos alunos. Além disso, eles podem contar com uma equipe de profissionais capacitados para criar o conteúdo dos cursos e fornecer suporte adequado aos alunos.

Essa prática levanta questões éticas e a necessidade de maior transparência por parte desses vendedores. É importante que os alunos saibam exatamente quem está ministrando o curso, quais são suas experiências e qualificações.

É fundamental que essas pessoas tenham consciência de que a TI é uma área complexa e em constante evolução. Aprender a programar e adquirir conhecimentos sólidos nesse campo exigem tempo e dedicação. Portanto, é importante escolher cursos confiáveis, oferecidos por instituições reconhecidas e com profissionais capacitados.

O mundo dos vendedores de cursos de TI que não sabem criar uma linha de código é realmente interessante de se analisar e alguns utilizam estratégias questionáveis para vender cursos superficiais, enganando muitas pessoas. Por outro lado, há aqueles que possuem habilidades em marketing e vendas, mas contam com profissionais especializados no conteúdo e que oferecem um suporte adequado aos alunos.

A dica que fica é: antes de investir em qualquer curso de TI, faça uma pesquisa cuidadosa, leia avaliações e verifique as qualificações dos instrutores. Tenha consciência de que a aprendizagem nessa área exige esforço e dedicação, e que não há atalhos para adquirir conhecimento sólido. O mundo da tecnologia está em constante mudança e aqueles que desejam se destacar devem estar dispostos a aprender de forma consistente.

Espero que tenha ajudado a entender um pouco mais sobre o mundo de Tech de verdade e sem romantização.

| Você pode compartilhar essa postagem para manter no seu feed do linkedin ou compartilhar no seu Whatsapp / Telegram |

Obrigado por ler até aqui e até amanhã.

👋 Sou um #DevOps Engineer vivendo o dia-a-dia na área de tecnologia, a vida como ela é! Quer acompanhar esta jornada ? Basta seguir nos links abaixo.

⚡ Se inscreva no YouTube : https://lnkd.in/dmqKeBNg

🔥 Siga meu canal no telegram: https://t.me/spokmonkey

✆ Entre para o grupo do Whatsapp: https://lnkd.in/demJRca8

#Desenvolvedor #VidaDeDev #Programação #Tecnologia #LifestyleTech #DesenvolvimentoDeSoftware #CodeLife #DicasParaDev #TechCommunity #DevLife #CarreiraDeTI #AprenderProgramação #InspiraçãoParaDevs #ProdutividadeTech #CoderLife #ProblemasDeDev #TechTalks #CódigoReal #ColaboraçãoEmEquipe #RealidadeDaProgramação #lgpd #inteligenciaartificial #ia #ai #Artificialintelligence #devops

Weder Costa

Menos qualificado, esperto e rico do que parece aqui. Um DevOps Engineer vivendo o dia a dia na area de Tecnologia, a vida como ela é! Top 100 influencer Tech I.A e Rede Neural Brasil 🏆 Preparando executivos e empresas para Tecnologia Inteligência Artificial 🚀 🤖 C.E.O e Fundador BookMaps, Formado em Marketing e experiência em TI como desenvolvedor há 15 anos, analista de sistemas, consultoria, arquiteto de soluções e gerente de projetos. Certificação em Black Belt e ênfase em Inteligência Artificial sendo reconhecido pelo Sebrae como precursor da tecnologia de Rede Neural no Brasil em 2014. Especialista nas linguagens (PHP,JAVA, Python, R e GO)

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo